INFORMAÇÕES E SERVIÇOS PARA O CIDADÃO
Secretaria do Planejamento do Estado do Piauí
Cepro divulga estudo sobre mercado de trabalho com a Covid-19
28/04/2020 - 11:55  
  
Twitter 
Google+ 

A superintendência Cepro, da Seplan, realizou estudo para entender os efeitos da pandemia no  Piauí, desde a verificação do comportamento da doença, com o intuito de averiguar a gravidade econômica e social no estado, até a produção de um boletim socioeconômico a partir da análise dos impactos na sociedade.

Segundo Liége Moura, superintendente da Cepro, o estudo abordou o impacto da crise gerada pela pandemia do Covid-19 sob a ótica dos três agentes econômicos: famílias, empresas e governo. “O boletim nos coloca diante de uma realidade onde 62% da população se encontra numa situação vulnerável, portanto elegível ao auxílio emergencial, do governo federal. As empresas, por sua vez, são impactadas diretamente e mais de 70% delas aderiram ao Simples Nacional, sendo também beneficiadas com o adiamento do pagamento, o que dará um fôlego para conseguirem passar por esse período de isolamento social” , explicou a superintendente.

De acordo com o estudo, sobre as famílias, observou-se a vulnerabilidade social e econômica. Cerca de 65% da força de trabalho piauiense é composta por pessoas sem carteira assinada, autônomos ou que estão sem ocupação no momento, formando um montante considerável de pessoas economicamente vulneráveis, especialmente no contexto da crise de coronavírus. Nesse contexto, foi também analisada a questão do auxílio emergencial. O estudo destacou que 97% das pessoas cadastradas no bolsa família passaram a receber o auxílio emergencial, significando um aumento temporário na sua renda mensal.

Sobre as empresas, percebeu-se a vulnerabilidade perante a crise. O estudo verificou que aproximadamente 75% das empresas piauienses optaram pelo regime de tributação Simples Nacional, passiveis de serem beneficiadas pela medida de adiamento do pagamento do imposto. Destacou-se o estudo do Sebrae Nacional sobre o impactos da Covid-19 nos pequenos negócios, pelo qual foi possível notar a necessidade de divulgar as medidas propostas pelo governo para amenizar os impactos das empresas. Foi possível também perceber, pela média brasileira, os ramos de atividades mais financeiramente vulneráveis à crise.

Em relação ao governo, foram verificados alguns pontos para políticas públicas.  Com base nos dados levantados pelas análises expostas no estudo, foi possível elencar pontos que devem ser observados e discutidos na agenda pública. Dentre eles se destacam: a divulgação das medidas de amparo às empresas e de ferramentas de apoio ao negócio, como o piauidelivery, bem como o acompanhamento de metas e índices de amparo social, incluindo o setor educacional.

Acesse o boletim completo aqui.

SEPLAN - Secretaria do Planejamento do Estado do Piauí
Av. Miguel Rosa, 3190 - Centro Sul - Teresina - PI - 64.001-490
Tel.(86) 3221-3580 - © 2016. Todos os direitos reservados.