Secretaria do Planejamento do Piauí – SEPLAN

Piauí se afirma na agenda global de energias renováveis em Conferência Internacional

Compartilhar:

O evento atraiu mais de 6 mil inscritos interessados nas iniciativas do Governo do Estado para a transição energética.

Na última quarta-feira (05), o encerramento da 1ª Conferência Internacional de Tecnologias das Energias Renováveis (CITER) destacou o papel do Piauí na transição energética, tanto no cenário nacional quanto internacional. Realizada em Teresina, a conferência reuniu mais de 6 mil inscritos, entre especialistas, líderes, sociedade civil e empreendedores de diversos estados e países, para debater o futuro das energias renováveis e os impactos das mudanças climáticas.

O evento contou com o apoio do Governo do Estado do Piauí, através da Investe Piauí, em parceria com o Instituto de Cooperação Internacional para o Meio Ambiente (ICIMA), e outros apoiadores. Com o tema “As Tecnologias das Energias Renováveis no Contexto da Transição Energética Global Justa e Sustentável”, os participantes discutiram temas importantes, como o marco regulatório das energias renováveis, com destaque para o hidrogênio verde.

Um dos resultados da conferência foi a assinatura da Carta do Piauí, um documento que reafirma o compromisso com o desenvolvimento de tecnologias de energias renováveis. A Carta foi assinada por representantes de 21 instituições públicas e privadas, enfatizando a importância da transição energética global responsável, justa e sustentável.

O Secretário de Estado do Planejamento do Piauí (Seplan), Washington Bonfim, participou do painel de encerramento, destacando as prioridades do governo estadual. “O governador falou na abertura desse evento das duas grandes prioridades do governo: a transformação digital e a questão da economia verde como mecanismos de mudar a história do estado do Piauí do ponto de vista de desenvolvimento econômico. A conferência complementa uma visão do Governo do Estado, onde a administração do governador quer chegar, e não só para a própria administração Rafael Fonteles, mas como para o futuro do Estado”, ressaltou Washington em sua fala.

Sobre o hidrogênio verde, Bonfim ressaltou o desejo do governador Rafael Fonteles de ver o marco regulatório implementado o quanto antes, destacando a importância desse passo para o avanço das energias renováveis no Piauí.

Ana Paula Rodrigues, presidente do ICIMA e coordenadora da CITER, também expressou seu entusiasmo com os resultados do evento. “O nosso objetivo foi colaborar com esse esforço de todos da administração estadual em posicionar o Piauí como o Estado que vai liderar essa pauta das energias renováveis, e que vai estar junto, pressionando o Congresso, para aprovação do marco regulatório do hidrogênio verde, ” disse. “Gostaria de agradecer a oportunidade da CITER ter sua primeira edição aqui no Piauí. Esperamos que tenha uma segunda e continuar trabalhando juntos para esse esforço”, afirmou Ana Paula.

Além dos debates e discussões, a Secretaria do Planejamento esteve presente na conferência apresentando em um expositor os principais programas e entregas realizados em 2023 ao primeiro semestre de 2024. A Diretora da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais e Planejamento Participativo (Cepro) da Seplan, Liége Moura, contribuiu para o painel “Perspectivas para a Produção de Energia Renovável no Brasil”, ao lado de representantes de instituições estaduais, federais e de empresas globais, abordando desde os avanços tecnológicos até os desafios regulatórios.

A Conferência Internacional de Tecnologias das Energias Renováveis finalizou com saldos positivos para o Piauí, consolidando o Estado como um protagonista na agenda das energias renováveis, marcando o início de um futuro promissor para a região e seu papel na transição energética global.

Compartilhar:

Leia também

Pular para o conteúdo